Água cristalina e pássaros: Praia Grande vê paisagem mudar com isolamento

De acordo com Delfo Monsalvo, inspetor da Guarda Costeira, foram vistas na faixa de areia espécies de pássaros que antes ficavam apenas próximas à encosta do morro da Fortaleza de Itaipu

Embora muitas pessoas ainda insistam em não levar a sério e em desrespeitar as medidas de isolamento social, é inquestionável a importância dessa iniciativa para minimizar os efeitos do novo coronavírus.

Além dos benefícios em relação ao combate à pandemia, a natureza também sente as consequências da proibição de circulação de pessoas na faixa de areia das praias da Baixada Santista.

Em Praia Grande, por exemplo, a paisagem à beira-mar mudou completamente. O novo cenário das praias da cidade inclui a presença de muitos pássaros, água cristalina e pequenos bancos de areia. A mudança na paisagem é consequência das praias vazias.

Lixo zero

De acordo com Delfo Monsalvo, inspetor da Guarda Costeira, foram vistas na faixa de areia espécies de pássaros que antes ficavam apenas próximas à encosta do morro da Fortaleza de Itaipu.

A média de lixo recolhido na orla nos meses de abril dos anos anteriores é de 27 toneladas por dia. Com o fechamento da orla, a redução foi de praticamente 100% na quantidade de lixo.

FONTE: Folha Santista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.